sexta-feira, 5 de junho de 2009

Quarto sem berço...

A percurssora do assunto:

Maria Montessori foi uma médica italiana que mudou todo o enfoque da educação das crianças, baseando-se na liberdade (vigiada) em que as crianças são submetidas a estímulos pré-determinados em que elas mesmas exploram o ambiente.
Ela via o berço como uma "jaula" em que a criança ficava presa ao acordar, até que algum adulto viesse retirá-la.
Sugere-se, então, um quarto que seja prazeroso para o bebê, que estimule os seus sentidos e disso faz parte que ele possa dormir em um lugar de onde possa sair sozinho, engatinhando, por exemplo, acordar e explorar esse lugar.

Claro que algumas medidas tem que ser tomadas antes de aderir o novo quarto. A limpeza tem que ser diária, o chão pode ser de EVA ou Vinil, as tomadas, gavetas e portas com travas e é legal baixar todos os móveis, deixar tudo na altura dele para que ele possa, assim que acordar, levantar e brincar.

Fica a dica.

Um comentário:

Myllany disse...

Muito bom, to querendo mudar o quarto do meu filho ele fez um aninho e quero fazer diferente sem berço.